Tem Alguém Aí?

Marcadores: , ,

Um menino deixando a infância obcecado pelo que acontece depois da morte; um idoso entrando na senilidade, amante da vida e arrependido de não tê-la vivido direito. Personagens tão contrastantes, e tão fascinantes. Os dois se encontram, e criam uma amizade que mudará suas vidas, e deixará um legado imortal. Assim pode-se resumir este belo filme inglês de 2008, ainda não lançado no Brasil. Tem alguém aí? é um desses filmes para ser visto muitas vezes, não por sua complexidade, mas por sua poesia e beleza diante do inevitável.
Edward (Bill Milner, de O Filho de Rambow) é o menino, que mora com os pais em uma casa que recebe idosos. O negócio dos pais faz com que eles não tenham tempo para o filho, que cresce solitário e sem amigos. Obcecado por fantasmas, Edward pensa apenas na morte. Até que a casa recebe um novo hóspede, Clarence (Michael Caine), um mágico aposentado apaixonado pela vida, embora desiludido por ela. Os dois criam um relacionamento muito bonito, que se torna o mote central do filme.
A atuação de Michael Caine é extraordinária. Seu Clarence está longe de ser caricaturesco, apelativo. A emoção retratada por ele é palpável, sem se prender a estereótipos. Clarence não percebe a senilidade chegando, e quando se depara com a realidade, sabe que não tem muito tempo para se arrepender e encontrar redenção pelos erros do passado. A amizade com Edward é uma segunda chance para o mágico, que vê no garoto seu último sopro de vida.
O uso da antítese vida/morte é muito bem trabalhado no filme, que em momento algum resvala no melodrama, e ainda assim é capaz de arrancar lágrimas nos mais sensíveis.
No final, fica a certeza de que a vida é digna de ser vivida, e que é melhor começarmos de novo enquanto ainda há tempo.

3 Comente aqui!:

  1. Ester Malafaia disse...:

    Pinho, se o filme ainda não foi lançado no Brasil, como vc teve acesso a ele?! rs...
    Parece realmente ser o tipo de filme q eu gosto, né!
    BJS! Saudades...

  1. Filipe Malafaia disse...:

    Oi, Té. Eu baixei pelo Torrent... hehehe... Acho difícil esse filme chegar no Brasil, já que até agora nem tem previsão de lançamento. Beijão!!!

  1. Gostei do filme, Pinho! hehehe...
    Assim, contando, como só vc sabe contar, até pra saber que é bom mesmo...se nunca for lançado no Brasil eu já o conheço. Até pq nesses últimos tempos não tenho tido vontade de fazer uma das coisas que gosto de fazer: ver bons filmes...
    mas td bem, é só acessar seu blog, né? Bjs, filhote!

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails