Com quem será...

Hoje dei um passo importante em direção ao dia mais importante da minha vida: paguei o primeiro aluguel da casa onde vou morar com minha esposa, Aline. (Antes que alguém queira me dar conselhos sobre morar em casa alugada, aviso: já ouvi todos eles)
O fato é que em toda a minha curta existência, nunca me senti tão tenso como tenho me sentido nos últimos dias, às véperas do enlace. Parece que todo o planeta está de olho em mim, como que me espreitando para ver a que horas vou cair. Claro que não sou Tom Cruise, e minha noiva não é Katie Holmes, e sei que essa sensação é isso, uma simples sensação. Apesar disso, ainda sinto essa tensão. Um medo, um pensamento que me diz que não sou capaz de lidar com uma responsabilidade tão grande como o casamento. Procuro me concentrar nos estudos quando estou na faculdade, no trabalho quando estou em sala de aula (sou professor), mas simplesmente não dá. Sei que isso é assim mesmo, que todo mundo se sente assim, mas caramba, é muita coisa...

3 Comente aqui!:

  1. Aline disse...:

    sei como é, também tou passando por essa fase... e, como vc mesmo tem consciência, isso acontece com todo mundo. sobre o fato de saber se é ou não capaz de lidar com tanta responsabilidade, há coisas para as quais podemos nos preparar antecipadamente, porém, há outras q só podem ser aprendidas durante o caminhar! acho q essa é uma delas. no mais, a vida é este mistério maravilhoso! abraços,

  1. Ester disse...:

    já falei que seria mais fácil não casar, hein... hehehehe... sabe que é brincadeira, né... mas é isso msm, mano... acho que esses setimentos de tensão, preocupação, ansiedade ajudam totalmente para fazer do dia do enlace, como vc diz, o dia mais importante da vida das pessoas (não todas, eu acho)! Minha teoria é essa: quanto mais suado o desenrolar, melhor e mais saboroso o resultado final...
    VAI CASAR, HEIN... vou virar filha única!!! hahahaha

  1. Rebeca Duarte disse...:

    Olá Filipe. :)
    Não sei como é essa sensação. E nem sei porquê não sei. (rs) Casei há três anos, vim embora pra uma cidade longínqua, morei de aluguel e não senti tensão alguma. Às vezes me digo: Cara, eu tô casada... Como se eu estivesse me perguntando porque eu não fico tensa, por que não sinto o peso da responsabilidade. E sabe por que eu não? (Descobri dia desses) Porque casar é natural. Simples assim. Nascer é natural, crescer é natural, casar é natural. Basta encarar com naturalidade. Porque você vai acabar vendo que o "Leviatã" que se vê é na verdade a sombra projetada de um candelabro. Curta bastante o nervosismo inicial, mas não se preocupe em saber se você consegue. Claro que consegue, basta querer.
    E boa sorte aos noivos! Deus os abençoe.
    Beijos!

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails