Sobre o Oscar 2010

Marcadores: ,

Passada a festa do Oscar 2010, resolvi escrever sobre este que é o prêmio máximo do cinema, que já está em sua 82ª edição. Tamanha longevidade se explica por momentos antológicos durante todos estes anos, como o prêmio dado pelo conjunto da obra ao mestre Charlie Chaplin, quando foi aplaudido de pé por mais de cinco minutos (recorde que dura até hoje), e o emocionante discurso de Halle Berry ao receber o primeiro Oscar dado a uma mulher negra.
Se 2009 foi a consagração do cinema independente e de baixo orçamento mas com muita alma e originalidade, 2010 confirmou que grandes filmes não precisam ter orçamentos gigantescos para contar boas histórias e cativar audiências. Os seis prêmios dados a Guerra ao Terror, incluindo melhor filme e melhor direção, corroboraram tal argumento. Claro que foi uma vitória anunciada, pelo menos para os que acompanharam nas últimas semanas as premiações pré-Oscar, como os prêmios entregues pelos sindicatos americanos de diretores, roteiristas e atores. O filme de Kathryn Bigelow (na foto) faturou todos estes prêmios, o que o qualificava como o grande favorito do ano. Avatar era o único filme, em meio aos outro nove indicados, que poderia estragar a festa de Guerra ao Terror. Afinal, não é todo ano que se tem um recordista de bilheteria concorrendo ao Oscar (números de audiência televisiva astronômicos à vista). Se a ficção científica ecológica de James Cameron recebesse o prêmio de melhor filme, não seria injusto; Avatar é sincero, conta uma boa história (a partir de um roteiro original) e tem efeitos revolucionários. Mas não dava para a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas ignorar o filme de guerra mais importante e relevante da década, isso se a instituição octagenária quisesse continuar sendo igualmente relevante.
Quanto aos outros prêmios entregues, não pude avaliar os ganhadores como melhores ator e atriz, nem atriz coadjuvante, mas como disse a revista SET na edição de fevereiro, não havia como Christoph Waltz perder o prêmio de ator coadjuvante. Seu personagem em Bastardos Inglórios, o sanguinário Hans Landa, é o personagem mais marcante e assustador que apareceu no cinema em 2009.
Mas há dois prêmios que quero destacar (e celebrar) aqui: melhor filme estrangeiro, para O Segredo dos Seus Olhos, filme argentino de Juan José Campanella. Merecidíssimo, mesmo concordando que A Fita Branca, produção alemã de Michael Haneke também merecesse. Mas eu comemorei quando Pedro Almodóvar e Quentin Tarantino anunciaram o filme argentino como ganhador. Sou apaixonado pelo filme, e brado isso a plenos pulmões.
Outro prêmio merecidíssimo e muito comemorado por mim foi o de melhor trilha sonora original para Up - Altas Aventuras, do compositor Michael Giachinno, o mesmo cara que faz a trilha de Lost. É uma trilha sensível e climática, que permanece na mente da gente quando o filme acaba, o que faz dela um trabalho eficiente. Não lembro da última vez que assoviei uma trilha sonora por horas após o filme.

Agora é esperar até 2011, quando veremos novos filmes, e novamente teremos ótimas surpresas. Pelo menos é o que espero.

2 Comente aqui!:

  1. Grande Filipe.

    Uma festa de fato emocionante, além das premiações achei incrível as homenagens - e a ressalva que fizeram aos filmes de Terror (acredita que ainda não assisti ao Iluminado? Mas li o livro que é de fato extraordinário).

    A respeito das premiações (que decisão difícil) as achei justas. Como não dá para manter a parcialidade confesso que estava torcendo para o Tarantino também, mas Guerra ao Terror, nossa espetacular mesmo. Avatar não achei a idéia TÃO original.

    E fica aqui um pedido: Adoraria ler um post sobre o "Preciosa", foi o que mais me chamou atenção na cerimônia pelo fato de não ter ouvido falar do filme e pelos comentários que vi deve ser brilhante.

    Grande Abraço

  1. Oi, Pinho!
    Quanto tempo, sem comentar no seu blog, né?
    Então, quanta surpresa no Oscar desse ano, heim!
    O que mais gostei foi uma mulher ganhar o prêmio de direção...ela ficou suspensa no ar, ou foi minha imprensão?
    E o Avatar...ninguém esperava que eles iam arrematar tão poucos prêmios,nem você,néw
    Legal, lembrei de você enquanto via, saudades, filho!

    Te amo, Deus te abencoe!
    Mamãe

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails